sexta-feira, 20 de maio de 2011

FMI rejeita denúncia de assédio sexual generalizado dentro da instituição

WASHINGTON, 20 Mai 2011 (AFP) -O Fundo Monetário Internacional repudiou, esta sexta-feira, as informações divulgadas em reportagem do jornal The New York Times, que alega que o assédio sexual e as relações extraconjugais são corriqueiros nos corredores da instituição mundial.

"Este não é o Fundo que conhecemos e no qual trabalhamos", disse o porta-voz do FMI, William Murray, em resposta à manchete da primeira página do jornal americano, que estampou 'No FMI, homens à espreita e mulheres, vigilantes'.

A reportagem foi publicada depois que o então diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn, foi detido no sábado, acusado de tentativa de estupro e agressão sexual contra uma camareira do hotel de Nova York onde o alto executivo estava hospedado. Ele nega as acusações.

O respeitado jornal mencionou uma cultura de "machos alfa economistas", que assediam livremente as mulheres, enquanto elas "evitam usar saias por medo de chamar uma atenção não desejada".

Disse, ainda, que o Fundo era "uma instituição cujas normas e hábitos sexuais são notoriamente diferentes dos de Washington, deixando suas funcionárias femininas vulneráveis ao assédio".

Referindo-se a esta imagem de um dos pilares do sistema financeiro mundial, Murray foi evasivo: "Este é um lugar perfeito? Não", disse, em comunicado.

"Mas a reportagem dá a impressão de desrespeito e assédio institucionalizados e este não é o caso. O assédio não é tolerado na instituição", acrescentou.

O FMI publicou um novo código oficial de conduta esta quinta-feira, antes da divulgação do artigo, no qual reforçou suas regras a respeito das relações pessoais em suas instalações.

Segundo este código, que data de 6 de maio, "uma estreita relação pessoal entre o supervisor e o subordinado apresenta um possível conflito de interesses e deve ser reportado e resolvido, no geral mediante a recolocação de um dos indivíduos em uma área de trabalho diferente".

"Não informar e depois resolver o possível conflito de interesses constitui uma falta e é motivo de medida disciplinar", sustentou Murray.
Fonte:
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2011/05/20/fmi-rejeita-denuncia-de-assedio-sexual-generalizado-dentro-da-instituicao.jhtm

Nenhum comentário:

Postagens Mais Recentes






A musica oficial da NOM

Sabemos que o Illuminati pretende unificar o mundo sobre um governo ditador e, até mesmo, estamparam na nota de um dólar americano essa intenção. Por que os últimos 4 presidentes têm falado tanto da necessidade de uma NOVA ORDEM MUNDIAL?

9/11 de 1991 - exatamente 10 anos antes

Eles dominam o mundo da música (video)

Eles dominam o mundo da música    (video)
veja nesse video os varios cantores que os ILLUMINATES vem controlando, todos eles são obrigado a mensionar o nome deles em suas musicas, assim como Michael Jackson tambem era.

Comunidade Orkut

Comunidade Orkut
Clique na imagem acima e ajude a divulgar tudo sobre a Nova Ordem Mundial e a implantação do MicroChip - Marca da besta a todos os irmãos do orkut - PARTICIPE

Nos escreva um e-mail dizendo a sua dúvida para que possamos colocar no blog:

Visite o meu blogspot

Nossos visitantes desde 08-06-2010:


localizar o internauta

Saiba de onde vem os visitantes:

free counters

Contagem regressiva para o dia 11/11/11 as 11:11:11s111mil.

Veja os paises que mais acessaram o blog: